A Vida Como a Vida Quer Entrevista - Luma Rosa

luz de luma
por Samantha Shiraishi

Foi através de uma blogagem coletiva que, há menos de um ano, deixei de ser uma mãe com bloguinho e passei a me sentir parte da Blogosfera. Foi em 05/06, Uma ajuda para o planeta, que nela conheci blogueiros que hoje são parceiros de trabalho, de lutas, mas principalmente bons amigos virtuais. Uma destas pessoas, que não imagino que aparência tem mas cuja coerência me conquistou é Luma Rosa, do Luz de Luma.

Hoje no meu artigo de toda segunda-feira no Nossa Via tratei da força da blogosfera, no texto Em Defesa da Inocência, comentando a blogagem coletiva organizada por ela no dia 14/02/2008 Contra pedofilia, em defesa da inocência. Para tratar do tema, decidi fazer uma mini-entrevista com Luma, pois sempre fiquei curiosa sobre as motivações que levam as pessoas comuns (que não são profissionais de mídia) a manter um blog tão atualizado e, em especial, utilizá-lo para causas importantes. Segue nossa conversa por e-mail:

Nome (real ou virtual),idade, profissão, localização geográfica.

Meu nome é Luma Rosa, sou advogada de formação e trabalhei algum tempo com administração pública, tendo bastante experiência nesta área. Atualmente administro uma empresa de engenharia e serviços. Moro em Cabo Frio, cidade do Estado do Rio de Janeiro. Opção feita pela oferta de trabalho na área de petróleo e pelas belezas naturais.

Desde quando “frequenta” a blogosfera e há quanto tempo tem blog? Como definiria a temática do blog? E que objetivos pessoais ou profissionais tem com ele?

A criação do blogue, como já comentei em algumas vezes no “Luz” partiu de uma terceira pessoa. Eu no início era apenas comentarista de grandes blogueiros que ainda hoje participam da blogosfera… Sam, não quer ler a entrevista que dei para o Julio Moraes? Lá eu falo da temática do blogue e os objetivos pessoais. E não existe motivos profissionais para eu ter o blogue, o que chateia meus amigos probloggers.

(Na verdade eu já tinha lido a entrevista e deixo o link aqui para quem quiser conferir)

Qual foi a motivação para a blogagem coletiva da pedolifia? Sentiu que alcançou os objetivos?

Eu havia feito o selinho sem a pretensão de fazer uma blogagem coletiva. Iria apenas estampar a sidebar do blogue.

Acredito que o universo conspira.

Logo em seguida presenciei uma situação constrangedora. Um garoto me contou que o pai o molestava e a mãe ficou muito brava pelo garoto ter contado a mim, uma pessoa estranha à família. O meu constrangimento se transformou em indignação e comecei com as medidas práticas. Tenho acompanhado de longe o processo porque foi no meio de uma viagem que fiz.

Comecei a ler sobre o assunto e a cada informação era uma revolta. É triste saber que em muitas famílias a pedofilia não é encarada como crime, mas naturalmente como uma conseqüência do estado emocional do meio familiar. O pedófilo é gentil até ser contrariado, por isso a vítima sente-se moralmente responsável, tipo um filho não pode contrariar o pai. Então se o papai tá mandando, faça! E a criança não querendo ser a geradora de conflitos, acaba por se sentir culpada – porque o pedófilo se faz de vítima da circunstância.

Em paralelo, cresce a pedofilia criminosa, aquela que não é doentia, mas que visa lucros. No fornecimento de crianças para aqueles pedófilos que não querem sair à caça e neste caso há envolvimento de associações criminosas, seqüestros, lavagens de dinheiro e homicídios. A internet neste caso, é a grande propagadora e ambiente fértil para o seu crescimento.

Os objetivos da blogagem coletiva "Contra a pedofilia, em defesa da infância" - Eu tinha 4 objetivos com essa blogagem. O primeiro, ligado à falta de informação. Sabemos o que é pedofilia, mas somente quando acontece algo próximo a nós procuramos informações adicionais. Eu queria que pelo menos os leitores do luz, passassem pelo estágio de procura de informação. E foi legal! Para a blogagem eles foram à fundo. Pesquisaram, se assombraram com a dimensão do problema e agora estão mais atentos.

O segundo objetivo era lançar conteúdo contra/sobre a pedofilia na internet. Tenho recebido muitas visitas relacionadas ao tema e sei que muitos são pedófilos. O intuito é criar obstáculos, barreiras que gerem desconforto à eles. E também informar os pais e educadores que precisam de informações ou de alguma ajuda e as procuram na web.

O terceiro objetivo e o quarto não dependem de mim, depende exclusivamente da boa vontade do governo federal e está na postagem que fiz para os “Amigos da Blogosfera” – nesta postagem peço que os nossos gestores aparelhem a polícia federal com tudo aquilo que ela necessita para combater a pedofilia na internet. Eles trabalham precariamente e mesmo sem recursos, a PF criou uma tecnologia de rastreamento de computadores que permite identificar quem divulga imagens de sexo com menores, sendo uma das melhores e mais avançadas do mundo. Dá para imaginar como seria o combate online se eles estivessem realmente aparelhados? O quarto objetivo é reforçar a proposta do senador Magno Malta (PR-ES) para a instauração da CPI da Pedofilia o quanto antes. O senador protocolou o pedido de abertura junto à Secretaria-Geral da Mesa, no dia 20 de Dezembro e neste requerimento, ele pede a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com objetivo de investigar a utilização da Internet na prática de crimes de pedofilia e sua relação com outros delitos, como o crime organizado. Seriam necessárias 27 assinaturas de outros senadores para que a CPI fosse lida finalmente no plenário e aberto um trabalho de 120 dias, em que tudo seria apurado. Ele conseguiu 28 assinaturas e agora com retorno dos trabalhos legislativos, a leitura do requerimento deve ser lido em plenário. Mas a sua criação ainda depende da indicação de integrantes dos partidos da Casa. Daqui para frente tudo depende dos partidos políticos, pois eles é que indicam.

Sam, como poderíamos ajudar o Senador Magno Malta? Peça ajuda aos seus leitores, please?
***
Agora a tarefa é minha, a de pedir ajuda a vocês, leitores e amigos, para forçar os políticos da sua região a atender a este pedido da sociedade. Como fazer isto? Postando sobre o tema, reforçando o pedido de Luma e de milhares de vítimas silenciosas, mandando e-mails para os senadores e deputados.

Quer fazer mais? Luma me deu este link que ensina a criar uma blogagem coletiva eficiente: Blogue por uma Causa!: O Guia do Global Voices para Campanhas em Blogues.

Segundo dados dos Amigos da Blogosfera, ratificados por Luma em resultado da Blogagem Coletiva, mais de 280 blogs postaram Contra a pedofilia! Veja lista.

Luma says:
18/02/2008 at 5:20 pm
Sam, as pessoas não frequentam as câmaras de vereadores. Tem esse portal do governo que lista os Estados. Clicando no Estado correspondente ao que você votou, clique depois na câmara municipal da sua cidade. Ali consta a relação de vereadores e o telefone da casa. Bastando ligar para saber o dia e hora que haverá sessão aberta ao público.
Eu já fui lá reforçar o meu pedido e o fiz por escrito. Comunitariamente é assim que agimos. Retorno à casa na próxima sessão para saber se o meu pedido foi encaminhado e aceito.
Aqueles que são inscritos em partidos políticos, podem fazer o pedido diretamente na sede do partido.
Vamos tentando, não é Sam?

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor