Sofre quem quer, não é assim?

Vergonha do quê?
Eu amo, desamo, sofro e gozo.
Normal.
Bem, não pulei de prédio, não fiz tatuagem com o nome dele, não saí choramingando por aí.
E daí? Não ligo a mínima, ou eu gosto muito ou não gosto nada.
Não existe "meio amando, meio se apaixonando"...
Meu bem, amar tem uns 27 anos que virou risco de morte.
Ou é tudo, ou é nada.
É, não sou de fases, não.
Eu sou assim, like it or not.
[Leia mais in BHY]

Noutras palavras...

É apenas o começo.
Só depois dói,
e se lhe dá nome.
Às vezes chamam-lhe paixão.
Que pode acontecer da maneira mais simples:
umas gotas de chuva no cabelo.
Aproximas a mão,
os dedos desatam a arder inesperadamente,
recuas de medo.
Aqueles cabelos,
as suas gotas de água são o começo,
apenas o começo.
Antes do fim terás de pegar no fogo
e fazeres do inverno
a mais ardente das estações."
[Eugénio de Andrade, Sulcos da Sede]

26 comentários :

  1. No mesmo momento que este texto escutava raul, coincidentemente: "O amor é uma coisa real / E a gente nunca deve se esquecer / De festejar / Cada momento pra nós / É pura alegria" só isso tenho a dizer.

    ResponderEliminar
  2. Que romântico!!!
    Bela poesia...
    Amiga,
    Retornamos ontem da Jordania... linda e inesquecível viagem, por todas as lindas coisas que vimos.
    Já começamos o relato...
    bs,

    ResponderEliminar
  3. Amar tem que ser algo natural, onipresente, se ama sem desculpas, se ama por simplesmente amar. Quando o amor acontece é como respirar, ele apenas acontece, sem parar, e se caso você parar pra pensar porque está respirando e onde sua respiração vai te levar este movimento deixa de ser natural e passa a ter um certo peso em continuar existindo. Ame, apenas ame.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Eu também não tenho meio termo ou amo ou não amo.

    bjs

    ResponderEliminar
  5. é isso aí luma, AMA-SE POR INTEIRO e sofre-se por inteiro tb! melhor do que viver só uma "meia vida"

    coragem e força, o amor de verdade sempre vem! bjos!

    ResponderEliminar
  6. Amar é bom demais.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  7. Ai luma...amei esse post...esxatamente como eu sou!

    ResponderEliminar
  8. Eu, infelizmente, choramingo pelos cantos.. Mas nunca o faço muito cedo. Leva tempo pra entrar de cabeça e dai, quando entro de verdade, até pular de prédio sou capaz. E deixar cartinha! Nos momentos de lucidez tenho até vergonha, mas logo já estou fazendo tudo de novo, não tem jeito.
    Mas é o que vou guardar da vida. Não tem coisa melhor.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  9. Luma,
    Obrigada pelo carinho!

    ResponderEliminar
  10. Esse poema é lindo, se me permitir gostaria de postá-lo um dia desses.
    muito lindo o post!
    e "que seja eterno enquanto dure..."
    Ahhh o amor!!
    bjs

    ResponderEliminar
  11. Profundo... simplesmente profundo.
    Aqui aproveito para falar que coloquei o seu link lá no meu Blog. Espero que não tenha problema.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  12. Pois é Luma, ama-se ou não e pronto. Como você é prá lá de especial, assim como tantos outros, tem um presente à você lá no meu canto...Bjs e otima semana..

    ResponderEliminar
  13. Amor não se explica se sente!
    Vim conhecer seu cantinho, obrigada pela visita!

    ResponderEliminar
  14. Semana apaixonante essa...rs- Beijos, vou ver o link que mandou! =) - Ahhh, o haloscan tá fazendo greve de Nanda...rs

    ResponderEliminar
  15. poxa.. não fique assim....
    na vida até a uva é passa..
    só precisa de tempo.. rs

    ResponderEliminar
  16. Pois é, amiga, enquanto durar, têm-se que fazer muito amor e amar mais ainda. Uma ótima semana pra ti e com muito amor tb.

    Um beijo duradouro...

    ResponderEliminar
  17. Luma
    puxa, fazia tempo que não conseguia tempo de passar aqui e sorver a luz... mas o desenho da Maria Augusta foi um convite irrecusável. Chego aqui e tema Eugénio de Andrade? Que delícia!
    Adorei a nova imagem primaveril.
    Abraços e boa semana.

    ResponderEliminar
  18. Belos textos. Realmente, nada na vida dura para sempre... até por que nem mesmo a vida dura pra sempre...

    Mas, na verdade, lá no fundo, a gente sofre pacas qdo perde alguém, um amor. Ai, ai... sofrer por amor é um saco. Por paixão, até se suporta (afinal, paixão é sentimento efêmero, né mesmo?). Mas, por amor...

    Mas é uma experiência e tanto para o nosso amadurecimento e de trato com as pessoas.

    Abraços o/

    ResponderEliminar
  19. Lindo poema, adorei!
    Beijos e boa semana

    ResponderEliminar
  20. Olha q texto legal!

    eu queria escrever assim! hahaha
    por enquanto eu só rabisco!

    Luma, gostei do blog... vou voltar...

    beijos e boa semana

    ah, obrigado pela visita no Santa Ironia!

    ResponderEliminar
  21. E eu faço.
    E como faço!
    Carinho meu procê Luminha
    beijos

    ResponderEliminar
  22. Hum! Inspiradora hoje!
    BJS

    ResponderEliminar
  23. Que poema lindo esse. Eu não conhecia.
    Bjos!

    ResponderEliminar
  24. eh tão complexo e ainda assim vc consegue discorrer sobre ele..
    eu apenas sinto.

    **:

    ResponderEliminar
  25. Poooooooooois é...
    Então, amor também é de moda.
    Tem hora que o da hora é morrer de paixão, fazer mil loucuras, sofrer e ser feliz tudo ao mesmo tempo.
    Depois o legal pode ser apenas curtir. Ficar junto, beijar na boca, correr na chuva, dar risada e fazer sexo.
    E depois, só sexo.
    Cada um ama do jeito que pode.
    Eu amo de um jeito, meu namorado, de outro. E a gente se entende. E se desentende de vez em quando.

    ResponderEliminar
  26. Belos palavras. Obrigada pela visita e tenha uma boa semana. Volto em breve.

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor