Ressaca Moral



- Oi, como vai?
- Sobrevivendo...

Esta é a resposta que mais escuto durante a semana. Ninguém mais diz "Tudo bem".

Tudo bem com você?

O ano passado eu institui o dia 22 de Agosto como o Dia do Saco Cheio. Alguém se lembra? Digam, como poderemos comemorar? Aceito sugestões...
Parabéns Veridiana pela excelente resultado da blogagem coletiva!

19 comentários :

  1. Luma,
    Seus textos são ótimos, porém não tenho conseguido acessar direito seu blog...
    Conheço muitos Tadinhos, adultos e crianças, rotulados como aqueles que não tiveram uma oportunidade na vida para mostrar seu brilhante talento ou pior, aqueles perseguidos pela escola, onde se cobra demais. Temos que reverter essa situação dentro de casa, para criarmos nossos filhos e sermos também mais fortes.a Quem sabe assim,conseguimos mudar a mentalidade desses seres tão "sofridos", coitados.
    Beijos e boa semana!

    ResponderEliminar
  2. Tadinho provavelmente, sera um monstrinho...

    boa semana

    bjs

    ResponderEliminar
  3. Luma, você sem querer descreveu alguém da minha família (ainda bem que um tanto distante). Sempre foi tido como o Tadinho e de repente virou um monstrão prá ninguém botar defeito.
    Querida, escrevi um post citando o seu blog e o comentário do Edu foi simplesmente lindo. Ele disse tudo. Vá lá correndo.
    Beijocas amigas e carinhosas

    ResponderEliminar
  4. o mundo tá cheio de tadinhos... culpa disso, sem dúvida, é de quem tinha que criar, puxar a orelha, tentar ensinar algo de bom mas preferiu passar a mão na cabeça! a outra parte acho que cabe ao próprio "tadinho", que se sente confortável assim! um beijo! te citei no meu blog, linda!

    ResponderEliminar
  5. Luma obrigada e eu aproveito e te parabenizo também por ter ajudado a divulgar a blogagem, não vamos nos calar... E uma das piores coisas que existe é dizer "tadinho" ou ter pena de alguém, assim dessa pessoa nunca será exigido um esforço a mais, ou que tente até acertar, etc .... bjs

    ResponderEliminar
  6. Oi Luma, obrigada pelo recado no meu blog.
    Gostei muito de ter conhecido o seu e quero desde já colocor-me a disposição para caminhar com vocês nessa luta contra tantas hipocrisias...
    As coisa só estão como estão porque pessoas passam as mãos na cabeça desses "tadinhos" causando depois essa baderna geral!

    Posso linkar o seu blog?
    Bjs
    Cláudia

    ResponderEliminar
  7. Esses Tadinhos me irritam profundamente! Você com seu jeito especial de blogar, nos leva a refletir sobre os rumos da humanidade. Menina, a coisa tá feia... Beijão!

    ResponderEliminar
  8. O que a gente mais vê por aí são Tadinhos. Infelizmente.

    ResponderEliminar
  9. O pior é que a omissão e a ignorância têm sido as grandes bases de quase todos os problemas sociais que enfrentamos(e outros)...
    poderíamos descrever vários "tadinhos" nas diversas classes, e eles jamais imaginariam quem são tão responsáveis pelo destino do Brasil quanto aqueles que são quase determinados pela pobreza e miséria econômica a viverem também com pobreza de espírito!
    Adorei o texto!
    Bjus

    ResponderEliminar
  10. Como eu disse, bonito é ser "Tadinho". :-/

    ResponderEliminar
  11. Luma, a vida é bem assim mesmo, penso que a maior resistência e não entregar os pontos, continuar acreditando, criando e tendo filhos e educando-os para enfrentar a vida exatamente como ela é, com todas as dificuldades, que sabes, não serão sanadas tão cedo.
    Obrigada pelo comentário no blog, lá deixei a resposta para a tua dúvida. Gostaria que todos tivessem esta sinceridade, aí fica mais fácil direcionar os futuros posts.
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Declarações de amor e amizade em Francês são chiquerésimas, viu?
    Beijocas

    ResponderEliminar
  13. Tadinho é daqueles que se acham uns tadinhos...

    bjos e ótima semana!

    ResponderEliminar
  14. Luma,
    O mundo está cheio de tadinhos, pessoas q conformam ficar lamentando da vida ao invés de dar a volta por cima.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  15. Dear Luma.

    Eu me sinto no Brasil não uma habitante. Mas uma sobrevivente. Me sinto uma pessoa tão excluída. Agora descobri que o Fies não patrocina faculdade totalmente. Só metade.
    Antigamente, a coisa era bem melhor. Abs

    ResponderEliminar
  16. o "tadinho" quer carinho, só isso.

    ResponderEliminar
  17. É, Luma, seu post ressalta bem o que chamamos de dois lados da moeda: aquele que criamos e do qual depois reclamamos. Condenar a quem, no final das contas? Se formos cada vez mais a fundo na questão, sobra vergonha para todos os lados...

    Como sempre, um post lúcido e perfeito na mensagem!

    ResponderEliminar
  18. Complicados os "tadinhos"... Difícil conviver com alguém assim.
    Boa semana, Luma!!!
    Beijos

    ResponderEliminar
  19. Cidadãos que se escoram no assistencialismo, no paternalismo - bem ao gosto dos nossos políticos.

    Eu falo "Tudo bem" mesmo quando não sinto assim. Dizem que "chato é aquele pra quem você pergunta 'Tudo bem?' e ele responde com a verdade", hehehe.

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor