“Um homem não pode vender, nem traficar a sua mãe (...), não podemos deixar que isso aconteça com nossa Pacha Mama”


Esta frase deu início a conclamação em defesa da Mãe Terra Sul-Americana, espoliada há mais de 500 anos.

A cúpula dos povos indígenas está se realizando em Tecpán, na Guatemala e quem são os representantes brasileiros? Não consegui descobrir - são muitos os Povos Indígenas Brasileiros, alguns são mais resistentes, muitos foram extintos e outros estão isolados. Porém eles e os demais indígenas da América Latina querem basicamente que, a palavra América seja retirada da nomenclatura do continente e que seja adotado o nome original – Abya Ayla ––, que seja feito o pagamento de indenização aos povos indígenas por parte dos países colonizadores (Portugal, Espanha, Inglaterra, e outros), a inclusão dos nomes de muitos outros heróis da luta dos povos indígenas que ainda são pouco conhecidos, a inclusão da discussão de gênero e a concretização de uma moeda única para os países sul-americanos.

Não achei referências sobre esse encontro em jornais nacionais ou mesmo em sistemas de pesquisas, talvez porque no Brasil os povos indígenas estão quase que extintos, não gerando receita ou ibope. Ninguém quer ouvir o que os indíos falam e o que pensam?

Decepção é a palavra para o que sentimos ao não sermos recebidos pelo primeiro escalão do Palácio do Planalto” frase dita por um dos acampados em manifestação contra o projeto de transposição de águas para bacias do Nordeste Setentrional.

E estamos voltando ao tempo do Império, onde os jesuítas serviam de ponte intermediária. Quem não se lembra quando Dom Luiz Cappio, protagonizou em 2005, uma greve de fome contra o início das obras da transposição do Rio São Francisco? Na época, ele afirmou:

“'Caiu a máscara’ do Governo Lula. Para muitos de nós, construtores do PT e
eleitores de Lula, foi a gota d’água, não nos reconhecemos mais nesse governo
que julgávamos nosso. Por que recusar o diálogo? Por que foge da verdade?”
“Na hora em que os pobres chegaram, o governo não os recebeu. A transposição
não é para os pobres, é para a elite”.
“Enfrentamos sacrifícios para mostrar
aos poderes instituídos que somos contra esse golpe fatal à vida do Rio São
Francisco”
“obra insana, louca, desvairada”
“Uma decisão dessa
importância para o rio e para o povo não pode ser tomada entre quatro paredes,
por meia dúzia de burocratas”


O projeto de transposição está incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)

Referências para leitura:
Jogo de interesses marca projeto de transposição do rio;
Especialistas apresentam alternativas à transposição do rio;
Projeto de transposição não garante água aos necessitados;
Veja a justificativa para a transposição do São Francisco (texto divulgado pelo governo Lula)

Diante de tanta negativa contra a transposição do "Velho Chico", o Ministério Público Federal do Distrito Federal entregou ao Ibama uma recomendação para que não fosse autorizado o início da obra antes de serem promovidas audiências públicas para discutir seus estudos ambientais. O que foi que aconteceu?
O Ibama não tem que cumprir essa recomendação caso não queira, como não o fez. E numa canetada, o presidente do Instituto Brasileiros do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Marcus Barros, assinou sexta-feira, a licença de instalação para o Projeto de Integração das Bacias do São Francisco com o Nordeste Setentrional, mais conhecido como Transposição do Rio São Francisco, autorizando o início das obras. Essa licença passa a valer após a publicação Diário Oficial, Segunda-feira.

O Velho Chico precisa ser revitalizado antes de ser transposto. Porque quem mora um pouco longe do Chico, tem água só de carro pipa, uma vez por semana, e quando chega, logo tem fila. Já falei disso aqui. Acho que o Velho Chico vai morrer. E você, o que acha?

1 comentários :

  1. É difícil falar de um assunto que só sei pela mídia. Tenho que pesquisar e estudar mais. bjs

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor