Quer tal se livrar de todas as responsabilidades?

Photobucket - Video and Image Hosting

...largar tudo e começar a espalhar alegria por onde passa?

Seria Matt Harding apenas um nerd americano desajustado no trabalho e imaginando como poderia tornar a sua vida melhor?

Sua vida era boa, ele desenvolvia aquilo que gostava de fazer nas horas vagas, jogos para computador e vídeo games em Brisbane, Austrália, mas lhe faltava algo.

Em 2003, já conseguira juntar algum dinheiro e sendo assim, pediu licença do trabalho e colocando uma mochila nas costas rodou o mundo.

Quantos não gostariam de fazer isso!?

Matt possuía uma característica no trabalho que o diferenciava de todos os outros membros da equipe, era muito engraçado e para provocá-los, ele dançava no meio do escritório.

Para manter os amigos e familiares informados da viagem, enviava vídeos através de um notebook. No meio da viagem, um amigo propôs que ele dançasse, dando continuidade as provocações que realizava quando estava no trabalho.

Matt topou e percorreu 39 países em seis meses, dançando e tendo como fundo a música "Sweet Lullaby" (Nature's Dancing 7" Mix), de Deep Forrest. A dança para muitos pode ser considerada como estúpida, pelo modo desengonçado de Matt dançar, porém é original e contagiante.


Caiu na net e o sucesso foi instantâneo. “Esse cara que dança pelo mundo” passou a freqüentar progamas na tv, tais como:
The Screen Savers (March 17, 2005)
MSNBC's Countdown with Keith Olbermann (August 18, 2005)
Inside Edition (August 19, 2005)
The Ellen DeGeneres Show (October 10, 2005)
Good Morning America on September 8, 2005.
A última apresentação no "Good Morning América, a entrevista foi transmitida diretamente da Time Square em New york, vejam abaixo:


Essa interatividade da web 2.0 proporcionu a Matt um patrocinador, e agora em 2006, junto com a marca de chicletes Stride, desenvolveu esse novo clipe.


Ele não pode revelar quanto está ganhando com isso, mas de toda essa experiência, o mais importante foi que através dessa sua “Dança da felicidade” espalhou alegria, previlégios de poucos. E várias pessoas espalhadas pelo mundo, estão publicando na internet vídeos caseiros com suas coreografias inspiradas em Matt, numa espécie de "Corrente da Felicidade"
]
Temos o tributo brasileiro


E o mais especial, do meu ponto de vista, um vídeo de garotinho de Kuala Lumpur, que sem poder sair de casa, filmou ali mesmo. No meio da grama, em cima do telhado, em cima dos brinquedos...um doce!


E nesses tempos de grande tristeza espalhada pelo mundo e com pessoas que acordam rotineiramente de mau humor, vem um cara assim como Matt, que além do vídeo, já começa a ser lembrado pelas suas citações.

Matt por ele mesmo:
"Danço muito mal, mas as pessoas não se ocupam disso. Não sou rico, não tenho dicas de como viajar barato, não falo bonito e penso que os americanos precisam viajar mais para fora do pais. Não tinha dinheiro para ir à faculdade e comecei a freqüentá-la mais velho e as pessoas tmbém não se ocuparam disso. Além de canhoto, possuo uma cartilagem extra na borda da minha orelha esquerda, uma espécie de tubérculo. Continuo trabalhando em games, escrevendo e desenhando, mas prefiro viajar. Sem querer ser repetitivo, gosto quando as pessoas pedem coisas com freqüência. E sempre ganho uma competição de olhar fixamente".

O Canadá ja iniciou campanha querendo que Matt apareça por lá. Bem, se todos os países reinvindicarem participação, Matt terá trabalho (?) por um bom tempo

UP!Date! Juro que foi por pura coincidência que virei a "Moça do céu amplo e estrada" aqui e gostei! (rs*)
E um pouquinho mais à frente, ganhei de Dora um poema. Uau!! Comecei bem essa semana!! Obrigada!!

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor