Como conhecer o ser amado?


To sweet
To share...
To embrace
To love
To close or
To dream
To wake up by your side
To bicycle
To smile
To be inlove
To Total surrender
To discuss
To be afraid
Too hot
To miss you
To start
To care
To hold To you
Amor pra tudo e
Pra que mais?

A Jacque escreveu lá no seu blogue:
"Nunca pensei em publicar poemas ou textos que falassem de amor nesse blog".
A Palpi questionou: "Amor acaba? Diminui? Se transforma? Hã?"
Pois sim! Falamos de amor a toda hora. (rs*)
"Eu tenho dois amores...

Eu tenho dois amores, que até são muito iguais
Por isso não tenho a certeza de qual eu gosto mais
Por isso não tenho a certeza de qual eu gosto mais
Eu tenho dois amores, que até são muito iguais"
'Só podemos amar aquilo que conhecemos'.
Esta frase, pronunciada de forma afirmativa e definitiva por um entrevistado num programa de TV, causou-me inquietação. Penso que, ao emiti-la, o seu autor pensou em convivência ou em algo semelhante. Ponho-me a divagar, enquanto arrumo papéis. De início, experimento invertê-la:

'Só podemos conhecer aquilo que amamos'
O que exclui do conhecimento os que nos provocam outros sentimentos. Depois, retiro-lhe o ponto final e acrescento-lhe um de interrogação:


'Só podemos amar aquilo que conhecemos?'
Em seguida, lanço novas perguntas:

'É possível conhecer, de fato, alguém – amado ou não?'
O debate íntimo ainda continua.

Como conhecer o ser amado?

Também existem amores com sete vidas. Claro, que como os gatos, podem morrer na segunda ou na terceira. Claro, que como os gatos, precisam de cuidado. Mas que há dos que têm sete vidas, há! Às vezes mesmo contra a vontade de quem ama um amor assim!

Mas não entrem em pânico, I Want One of Those.com está vendendo um acessório indispensável e basta instalar no computador para qualquer emergência. Um prático e útil botão...
Claro que o botão é para ser usado em casos de extrema necessidade. Porém, compradores garantiram que ficaram mais tranqüilos só de saberem que ele estava ali. O utensilio não custa caro, um preço justo para cobrir eventualidades.

Beijus,

0 comentários :

Enviar um comentário

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor