Renasça!

Todos que frequentam o luz sabem da minha dificuldade nesses últimos dias de postar e visitar os blogues amigos. O sufoco está tão grande que é a primeira vez desde que nasci que não vou viajar para passar o natal com a família.
Hoje é dia de presentear o meu amigo secreto virtual. Pensei em várias hipóteses de presentes nada originais. Aqueles presentes que sabemos que irá agradar a todos...






Meu amigo secreto Virtual é escritor (tenho que tomar cuidado com o meu bloguês!), músico e professor de História e Geografia. Com esses dados e um pensamento levando a outro, pensei: se ele gosta de Geografia e História, gosta de viajar. Se gosta de viajar, gosta de fotografia. Touché! Vou lhe dar umas fotinhas!

Esqueci de dizer que ele é apaixonado pela Anna Carolina.

O sábio velhinho veio recomendar, cuidado com as fotos que vai dar de presente...é natal!
Não vou fugir do tema!




Para quem ainda não descobriu quem é meu amigo secreto virtual, seu nome é Filipe Makoto Yamakami, Makoto para os íntimos!

Makoto, espero que goste dos presentinhos e que não troque na primeira loja virtual que encontrar por aí.

Deixo disponíveis as imagens também para aqueles que durante o ano reclamaram da "ops!" falta de liberdade de cópia! (rs*)

E, parece que falta alguma coisa... Não esqueçam de rezar ou meditar, como queiram chamar. Pensar nos atos é normal e enriquece o espírito, nem que seja em forma de poesia.

Meu santo, esteja sempre comigo.
Faça-me cair em tentação
e me convide para um turbilhão de chuva do interior.
Não me valha com recato ou com recado sem remetente.
Roube-me a semente para que eu lhe traga a rosa,
Parta sem rota sempre que necessário pedir perdão.
Empreste-me a aceitação da mortalidade
que eu o convenço da inutilidade de um parasempre sem cor.
Dê-me dores, meu santo, mas sem traição.
Dê-me adeus, mas sem redenção ou remorso.
Que me falte o medo, que me falte a coragem,
Que me falte a metade imprescindível da vida
de quem só sabe viver por inteiro.
Deixe-me até sem verso, meu santo.
Mas nunca me deixe sem poesia".
(Jacinto Fabio Corrêa)


0 comentários :

Enviar um comentário

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor