Estou aprendendo...

Após uma viagem de 800km de reflexão em dia específico e com um sentimento particular de muita paciência, fica aqui uma abordagem mais jocosa a um dos muitos problemas que temos com o asfalto...
Não sei se já repararam num flagelo que atinge as nossas estradas, em particular as que possuem 3 faixas. A faixa da direita parece que não tem qualquer utilização. Nunca notaram em extensões de km sem ninguém na faixa da direita, enquanto que nas restantes faixas se luta pela liderança?!

Daí temos que investir em sinalização que já existem em vários países:
“CONDUZA PELA DIREITA”
- Luma! Aqui já tem!
- Não vi uma placa!
Eu que não ando devagar, muitas vezes tive que reduzir porque um mané estava passeando na faixa da esquerda. Que não se lembre ninguém de instalar uma câmara oculta no carro.
Lembrem-se que devemos conduzir sempre pela direita.
Para verem o ridículo da coisa já cheguei a ir na faixa da direita a 60/70 km e deixar muita gente para trás na faixa esquerda.
Afinal de contas o excesso de velocidade é uma infração grave, mas pensem bem...
O que mais me intriga são os motivos para que esta faixa seja ignorada... Será que os condutores se sentem menos viris, no caso dos homens, se conduzirem pela direita!? Só pode ser um sinal de fraqueza. Para os homens é tudo uma questão de masculinidade, quando se trata de asfalto.
Bom, no caso das mulheres, esqueçam, aquilo não dá para mais, é o gênero daqui não saio, daqui ninguém me tira, não vou mexer no volante, né? (sim, as meninas podem bater-me à vontade...)
Quem tiver uma idéia luminosa que vai levar todos para a faixa da direita e que esta seja a mais concorrida, por favor manifestem-se!

Mortinha de cansada depois de tantos quilometros rodados!



Quando eu nasci,
ficou tudo com estava.
Nem homens cortaram veias,
nem o Sol escureceu,
nem houve Estrelas a mais...
Somente,
esquecida das dores,
a minha Mãe sorriu e agradeceu.
Quando eu nasci,
não houve nada de novo
senão eu.

As nuvens não se espantaram,
não enlouqueceu ninguém...
Pra que o dia fosse enorme,
bastava
toda a ternura que olhava
nos olhos de minha Mãe...
(Sebastião da Gama, Serra-Mãe - um pequeno poema)


Sim, sim...hoje é meu aniversário!
Vou trabalhar dobrado!
Beijus,

0 comentários :

Enviar um comentário

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor