War of the Worlds

Sinopse: Uma tropa de naves alienígenas invade a Terra e começa a espalhar terror e destruição sobre o planeta. Versão contemporânea da clássica história de H.G. Wells.

orson wellesNo dia 20/05/2005 publiquei um texto narrando o dia em que os EUA parou para escutar a voz poderosa de Orson Welles comunicar a invasão do mundo por alienígenas - isso lhe valeu um processo e as portas abertas para Hollywood. Ele estava contando a mesma história que conta "Guerra dos mundos", só que através do Rádio.

Nesta página você ouve a versão original.

Um dia antes, em 19/05/2005 tinha sido lançado nos EUA o primeiro trailer do filme em conjunto com o lançamento de Star Wars - Episódio III. Ao mesmo tempo, a prévia também estava disponível na Internet – mas apenas para assinantes do provedor America On Line. Steven Spielberg gostou da estratégia usada por George Lucas e fez o mesmo.

A Paramount criou um site para os alienígenas de Guerra dos Mundos. Clique aqui para conferir. O endereço foi descoberto junto a cartazes do filme expostos perto de estranhos caracteres. Espera-se que alguma novidade surja na página nos próximos dias.

A Paramount liberou trechos de cada uma das faixas da trilha sonora de Guerra dos Mundos. Algumas, como o prólogo, possuem narrações gravadas por Morgan Freeman. Clique aqui para visitar o site Soundtrack.net e ouvir uma amostra do mais recente trabalho do mestre John Williams. Mas atenção: os títulos de algumas faixas podem entregar detalhes sobre eventos do filme.

Fui conferir nos cinemas os sustos que levei vendo os trailers...
...
-Ô Luma! Pelamordedeus...você tá vendo uns filminhos heim?
-Adorei Batman Begins, e daí?
-Daí nada! Esse seu lado eu não conheço!
-Você conhece aquele meu lado obscuro, em preto e branco...
-Sim, tem mais contexto...sustância!
-Preto e Branco só em casa. Na telona quero ver a poltrona tremer!
-Porque não foi assistir Melinda?
-Chorar, eu choro em casa, pô!
-Tu tá chata!!! Indica um filminho pra pegar na locadora...
-Na banca estão vendendo a primeira versão de "Guerra dos Mundos" de 1953 ou então compra, filhinha! As locadoras daqui só tem m.
-Então???
-Vou indicar um excelente! A Montanha dos Sete Abutres (Ace in the Hole)...Classicão de Billy Wilder com Kirk Douglas: É a história de um repórter faminto. O filme discute um tema que nunca está fora da pauta (ou talvez nunca esteja, de fato, em pauta): a ética + a imprensa + a ambição + o poder que alguns exercem sobre o destino de outros...

AbutresQualquer relação com fatos reais será mera coincidência...você vai ver que o tempo passa e nada muda.
-Porque você lembrou desse?
-Esses dias no luz falamos de gatos, lembrei das sete vidas, daí veio os sete abutres...
-Sei...foi o gato do post passado ou do gato lá de cima?
-Cê tá a fim de criticar hoje heim? Quer saber? Gosto de homem com cara de homem e esse aí não tem nem tamanho...
-Mas a Nicole é grandona e gostou dele!
-Gostou muito pouco, foi quebrar a cara com um cafa!
-Mulher gosta de cafajeste.
-Eu não...o grande mal das pessoas, digo pessoas, porque isso serve tanto pra homem quanto pra mulher, é querer mudar as pessoas. Se consegue mudar, desapaixona; porque não foi por essa pessoa que ela se apaixonou.
-Complicadinha...melhor assistir os filmes!

*Sabe que eu fico besta com as coincidências?
...olha o que li depois de escrever este post.  

0 comentários :

Enviar um comentário

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor