A Lenda das Amendoeiras

Aproveitando da minha fase romântica, vou lhes contar uma lenda que fiquei sabendo através de amigos portugueses:

Há muitos, muitos séculos, viveram numa região do Algarve um príncipe cristão e uma princesa nórdica.

Durante muitos anos a felicidade reinou entre eles. Um dia, porém, o príncipe notou que a princesa entristecia de dia para dia, ao ponto de por vezes não se erguer do leito.

Sem saber o que fazer, o príncipe decidiu reunir o seu conselho de Estado. Nele participaram médicos célebres, mágicos de nomeada, feiticeiros e outros homens sábios. Deliberaram até altas horas, mas nenhum conseguiu encontrar a causa de tão grande pesar.

O príncipe mandou vir atores, trovadores e bailarinos para distraírem a princesa, mas durante os espetáculos a mesma tristeza descia sobre ela.

O príncipe, receando que a sua infelicidade fosse apenas um sinal de que ela já não o amava, nem a ia visitar regularmente. Até que um dia, cheio de coragem perguntou:

- Meu amor, já não me amas?

- Amo-te tanto como no dia em que casei contigo. Sinto-me raínha do teu povo, sou amiga dos teus amigos e admiro-os, mas as saudades da neve são imensas. No meu país a neve cai todos os anos. Aqui, o sol torna os campos verdes ou dourados, mas nunca os vejo brancos. Só tenho saudades sem fim da neve do meu país. O Inverno aproxima-se e sei que a neve não virá.

Ela ainda o amava...As dúvidas transformaram-se em felicidade. Depois de muito meditar, encontrou uma solução. Mandou plantar pelos seus criados milhares de amendoeiras à volta do palácio.

A Primavera chegou. As flores das amendoeiras, pouco a pouco, começaram a desabrochar. Em breve, os campos cobriram-se de flores brancas.

Um dia em que a princesa se sentia muito abatida, o príncipe entrou nos seus aposentos e beijando-a, envolvendo-a em seus braços, murmurou:

- Querida, por mim faz um esforço e vem ver o sol que acaba de nascer. Tudo quanto a nossa vista abrange parece ouro acabado de ser lavado.

Para não o desgostar, ela levantou-se e dirigiu-se para a janela. Tudo estava coberto, não com um lençol de neve mas sim com um de pequeninas flores brancas.

Pelo rosto da princesa lágrimas rolaram. O seu bem amado por ela transformara a terra castanha em terra branca de neve.

Segundo a lenda, é por esta razão que no Algarve, ainda hoje, há tantas amendoeiras.

Quando se ama tudo é possível.
Você já fez sua demonstração de amor?

Beijus,

37 comentários :

  1. achei muito bonito esta estoria!
    Beijinhos desde longe!

    ResponderEliminar
  2. Me lembro de uma bem no início do namoro: Quando eu e meu namorado fizemos Projeto Rondon ficamos a uns 300Km de distância. Isto no interior do Mato Grosso, estrada de terra em época de chuva. Consegui uma folga no fim de semana e peguei carona em três caminhões e umas 5 horas depois apareci de surpresa na cidade onde ele estava. Foi maravilhoso.

    ResponderEliminar
  3. loba02:37

    o grande barato das lendas é que elas romantizam de tal forma a natureza que acabam provocando a nossa consciência, né? tou me loembrando das lendas contadas por Monteiro Lobato. delícia! beijos menina

    ResponderEliminar
  4. Não, não fiz nenhuma declaração de amor; estou sem "alvo"...

    ResponderEliminar
  5. Interpretei mal o título e comecei a ler. Achei estranho e todas as vezes lia aquele nome errado. Só na hora da imagem é que notei não se tratar de amendoins. rsrsrs. Talvez esperasse uma nova dica de afrodisíaco. hehehehe. Beijoooosssss!

    ResponderEliminar
  6. Ah, você... Quanta beleza em você, e no que você nos passa. Quanto carinho, quanto afeto. Quanta sabedoria e quanta poesia. Posso sem medo dizer que você faz das minhas terras castanhas um campo cheio de flores, diariamente. Ainda que eu perca o espetáculo diário do sol, está você pra me iluminar o caminho.

    Pronto, demonstrei meu amor por você, Luminha! Gostou?

    ResponderEliminar
  7. Nossa,LUMA,muito linda esta história...e nem precisa ser muito romantico pra ficar encantado.
    Beijo grande!!

    ResponderEliminar
  8. Amei as figuras e os textos do teu blog!!!!!Volta sempre!

    ResponderEliminar
  9. Adorei a história,
    Ae Luma nem foi me visitar depois da minha chegada estou carente hahahaha
    se cuida viu?!
    E no amor tudo é possível sempre

    ResponderEliminar
  10. Diana02:55

    Uma unica flor me bastaria......

    Bjs......

    ResponderEliminar
  11. Vim visitá-la e me deparei com a similaridade que há entre o post anterior e o post que publiquei no juvenília, um dia depois (já comentado por você). Quanto a mencionada lenda, diria que ainda me falta uma grande demonstração de amor, mas sinto que ela me avizinha. Abraços senhorita iLUMinAda.

    ResponderEliminar
  12. Muito bonita essa lenda portuguesa.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
  13. os portugueses são intensos. lembro de fernando Pessoa.

    ResponderEliminar
  14. eu ainda não fiz a minha... mas o amor que sinto é grande...
    bela lenda... bem romantica... bjinhus

    ResponderEliminar
  15. A fé remove montanhas; o amor modifica o meio ambiente! :0)

    ResponderEliminar
  16. otima fase romantica luma!de muito bom gosto essa lenda,me faz pensar se eu já demonstrei meu amor hj...

    obrigada pela força
    bjoks e boa semana

    ResponderEliminar
  17. Ah amor cantado em verso ,em prosa e vivenciado pelo coração .Você tbem entrou nesta fase ,eih garota ?

    ResponderEliminar
  18. Acho que demonstrar amor e carinho é o que existe de melhor, vivo fazendo essas surpresinhas!rs - E obrigada pela lembrança!

    ResponderEliminar
  19. Acho que demonstrar amor e carinho é o que existe de melhor, vivo fazendo essas surpresinhas!rs - E obrigada pela lembrança!

    ResponderEliminar
  20. Aiiiii que lindo... Estou adorando essa fase romantica, porque eu também estou nessa fase, aliás, eu acho que sou uma romantica por natureza!
    Beijocas

    ResponderEliminar
  21. Curti muito este conto. E tb gosto de noroeguesas entao.... hahah . Brincadeiras a parte, bem legal o post. Ah, o cartoon no topo desta pagina de comentarios 'e o maximo !!! Cheers !

    ResponderEliminar
  22. Luma
    Que linda estória...Quem me dera ter um príncipe assim...Ainda mais morando em Algarve, estaria completo!
    Beijos

    ResponderEliminar
  23. Luma
    Que linda estória...Quem me dera ter um príncipe assim...Ainda mais morando em Algarve, estaria completo!
    Beijos

    ResponderEliminar
  24. Puxa.. Sensacional teu blog.. Muito bom de se ler.. Adorei a historia da arca.. E as romanticas nem se fala..

    (

    Obrigado pela visita e volte sempre..

    ResponderEliminar
  25. Ai Luma...nem me fale em fazer coisas por amor...cada uma q eu me enfio por akele Bruxo...rs..​.bjinhus...tenha um bom dia!

    ResponderEliminar
  26. Luma, que história lindinha. Continue nessa fase romântica e brinde-nos com muitas histórias gostosas. Beijocas carinhosas

    ResponderEliminar
  27. Voltando ao post, eu já fiz muitas coisas por amor, até mesmo bancar a ridícula na frente de um monte de gente. No entanto, guardo todas essas histórias no fundo do meu coração e tenho carinho especial por todas elas. Posso morrer de um monte de doenças, mas não por ter demonstrado amor, afeto e carinho. Beijocas também românticas

    ResponderEliminar
  28. Corrigindo o comentário acima: "... mas não por NÃO ter demonstrado ..."
    Beijocas ainda mais românticas

    ResponderEliminar
  29. E deve ser por isso tambem que os portugueses gostam tanto de bacalhau!

    ResponderEliminar
  30. Achei linda essa história, tudo q fala de amor é lindu
    Bjos e boa terça pra ti!

    ResponderEliminar
  31. Oi Luma...
    Feliz de quem consegue cobrir campos com flores de amendoeira... Talvez o amor seja isso: ilusão da imensidão gelada da neve no calor das flores das amendoeiras...
    Uma semana super bacana, com bons ventos e ótimos vôos.
    Um grande e fraterno abraço.

    ResponderEliminar
  32. Oi, luminha!!!
    quanto tempo, né?
    ei, diz pra mim. tem um cantinho aqui pra eu ficar, só por um tempinho??? qualquer suite, desde que seja ampla e confortavel, ta?
    ó, obrigada pelo carinho, viu?
    beijão pra voce

    ResponderEliminar
  33. Luminha que história mais linda.. aiai.. será que vamos ter amendoeiras plantadas pelos nossos príncipes?? tomara, pq eu acho que merecemos!! ihihi beijos e girassóis,
    Rah

    ResponderEliminar
  34. as lendas brasileiras são sempre místicas e as européias sempre sobre príncipes e princesas, né? =)

    ResponderEliminar
  35. Incrível a capacidade da humanidade para inventar alegorias que expliquem a natureza. bjs

    ResponderEliminar
  36. "Se teus esforços forem vistos com indiferença, não desanimes, pois o sol ao nascer dá um espetáculo todo especial e no entanto a platéia continua dormindo."
    Adoro muito voce ....bjusss
    e ve se vai me visitar né...bju

    ResponderEliminar
  37. Heheh... muito bonita! Essas lendas portuguesas são ótimas... tem um monte delas no Histórias de Tia Nastácia , do Monteiro Lobato...

    Bjs!

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor