Amuletos, Talismãs ou crendices?

Sexta-feira 13. 
Cuidado! A bruxa está solta!

A Ciência consegue explicar as crendices relacionadas ao vampirismo? 

Estudiosos acreditam que as mortes misteriosas podem ser atribuídas à ação de doenças contagiosas...


O Vampiro, ser da escuridão, ameaça à humanidade. Na calada da noite, deixa o seu caixão para amedrontar os homens e sugar-lhes o sangue.

Verdade ou superstição, o fato é que o vampiro é um mito conhecido mundialmente, alguns estudiosos afirmam "nenhum mito consegue manter-se vivo por tanto tempo, se não estiver enraizado na realidade”.

Séculos atrás, em caso da morte subseqüente de dois entes da mesma família com sintomas semelhantes, o primeiro falecido era desenterrado. Às vezes, ao ser aberto o caixão, o morto era encontrado com o rosto rosado e com a boca cheia de um líquido vermelho, como sangue.

Acreditava-se que as pessoas enterradas não estavam completamente mortas e que deixavam seus caixões para atacar os vivos. A existência de sangue em suas bocas comprovava a teoria, pois tratava-se "de restos da última refeição dos mortos". Os ruídos produzidos pelos gases exalados dos corpos eram interpretados como ruídos de mastigação dos morto-vivos.



Crendices populares aos olhos dos cientistas - esses fenômenos são sintomas naturais da decomposição dos corpos e as inúmeras mortes registradas poderiam ter sido causadas pela ação de doenças contagiosas, sobre as quais "nada se sabia na época".

Para evitar o ataques a população passou a enfiar estacas no coração, arrancar a cabeça ou queimar os corpos dos supostos vampiros. Na Áustria, Sérvia, México e Estados Unidos existem cerca de 25 cemitérios de vampiros, em cujas covas estão esqueletos sem cabeça e corpos com estacas. Em alguns casos, foram encontrados cadáveres com um crucifixo de ossos sobre o peito.


Seguindo as pistas dos vampiros - Em 1732, houve uma série de mortes de cirurgiões e soldados austríacos na Sérvia, na região próxima à Turquia. Sem explicações para as misteriosas mortes, estas foram atribuídas aos vampiros. Mais tarde, historiadores relacionaram essa série de mortes a uma epidemia de raiva, que se alastrou pelo sudeste da Europa nessa época.


A notícia do ataque de vampiros na Sérvia espalhou-se rapidamente pela Europa, causando medo e desespero. As teorias ligadas ao vampirismo ganharam força total, sendo que sacerdotes de pequenos vilarejos aproveitaram-se da situação.

Eles começaram a lucrar com os rituais de exorcismo, em que afirmavam expulsar o demônio dos supostos vampiros e de suas vítimas. A partir de então, deu-se início à grande caça aos vampiros.


O surgimento de Drácula - Em 1897, o escritor irlandês Bram Stocker (1847-1912) fez a ligação do vampirismo com uma figura histórica, o príncipe Vlad Tepes (1431-1476) da Transilvânia (hoje localizada na Romênia). Ele recebeu, no livro de Stocker, o nome de conde Drácula e tornou-se uma das figuras mais conhecidas e exploradas do cinema, da literatura e das artes plásticas.

Desde 1984 vem crescendo o interesse pelo vampirismo, isto não é nenhum acaso: nessa época, tornou-se conhecida a Aids e o seu contágio pelo sangue.

Em tempos de evolução da ciência e tecnologia e contrariando a racionalidade, a superstição faz eco na vida de muita gente. A influência do sobrenatural, crenças em poderes ocultos e o medo podem estar presentes em nosso cotidiano. Símbolos que representam uma boa ou má sorte, como trevo de quatro folhas, ver uma estrela cadente, pavor pelo número 13 ou cruzar com um gato preto.

Algumas coincidências cercam o número 13; Na Última Ceia havia 13 pessoas, a vinda do Anticristo acontece no capítulo 13 do Apocalipse, e no tarô este número faz referência à morte. Quanto ao gato preto, no Egito ele já era considerado um animal de poder. Além disso, na Idade Média, ele era associado às bruxas – o que certamente deu origem à superstição.

Em tempos antigos o homem sentia necessidade de possuir objetos simbólicos, que transmitisse confiança e segurança. Apareceram os amuletos e talismãs.

Apesar de ser muito fácil confundi-los e de, inclusive, haver quem pense que se trata do mesmo, a verdade é que existem pequenas, mas importantes diferenças, que tornam distintos os amuletos dos talismãs.

Os primeiros derivam da palavra latina "Amuletum" e, geralmente representam imagens ou formas do mundo animal ou do mundo vegetal, sendo indiferente que seja só um ou um grupo deles. Talismã, apesar de haver quem diga que deriva da palavra arabe "Tilism", a maioria dos estudiosos do tema assinala a palavra grega "Telesma" como a definição mais exata.

Ha séculos que existem referencias sobre a existência destes objetos, sendo visíveis na era primitiva, onde estão representados numa série de pinturas rupestres. Diz-se que, no Antigo Egito, não havia homem, mulher ou criança que não levasse consigo um amuleto. Muitos destes eram transportados na forma de jóias de diferentes feitios.


Fui ver que amuleto que me cabia, e saiu-me logo um elefante...e agora onde vou acomodar um elefante?

Com a tromba para cima e um eficaz amuleto de atração da boa sorte, sendo ao mesmo tempo, protetor de influências negativas. Se o tiver em casa, devera colocá-lo de costas para a porta principal. Com a tromba para baixo, o seu efeito e contrário, ou seja negatividade.

Espero, sinceramente, que você tenha um amuleto mais pequeno do que o meu!

Mesmo quem acham essas coisas de crendices tolas, não deixa de bater na madeira para isolar os maus fluídos. Pensar duas vezes antes de passar embaixo de uma escada, não largar o sapato virado de cabeça para baixo, evitar deixar a bolsa no chão...atire a primeira figa quem nunca levou a sério esses conselhos, principalmente no dia 13.

Em Nova York, alguns edifícios não tem o 13º andar, porque os americanos levam a sério a crença de que esse número traz... por via das dúvidas, não escreveremos aquela palavrinha de 4 letras, ok?

É supersticioso(a)? Pois não se aborreça ou aborreça alguém no dia de hoje...

33 comentários :

  1. Ei, Porra!01:46

    Não é à toa que o Constantine usa gatos para entrar no inferno sem ter que morrer primeiro.

    O fato é que, como disse Raul Seixas "Esse imenso relógio que é o universo me espanta e não acredito que não exista um relojoeiro", as pessoas são superticiosas por falta de consciência espiritual.

    Eu, pelo menos, acho de última ter que usar uma varinha pra matar um sujeito.

    Ritos e supertições são idiotices.

    ResponderEliminar
  2. *isåbellå*02:04

    Adorei essa caixinha de comments.. hehe...

    ResponderEliminar
  3. Nora Borges02:05

    Luma, o post está super interessante. Me impressiona a sua versatilidade, mas o que adorei mesmo no seu blog foi a quantidade de histórias que você conta.
    Adorei as perguntinhas das crianças.

    ResponderEliminar
  4. Amyr Lima02:05

    Fala Luma, blz.!? Ja li que os Zumbis sao na verdade a imagem que o homem negro africano tinha dos missionarios que iam aquele pais. Faz sentido, os missionarios proibiam a danca, o sexo, enfim, cortavam todos os baratos das tribos. Por isso a imagem do zumbi como uma coisa sem graca, morta e que tenta contagiar os outros com essa mesma falta de vida. Cheers !!!

    ResponderEliminar
  5. Nanda02:06

    Eu não me arrisco embaixo de um escada ou pertinho de um gato preto.
    hehe
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Linda de Viver02:06

    ESTOU DE VOLTA...ME DESCUPE TER FICADO TANTO TEMPO LONGE DO MEU BLOGUINHO...
    ENTERNEI, OPEREI DE APENDICITE...
    TIVE INFECÇÃO HOSPITALAR...
    ENTERNEI MAIS UM VEZ...
    DESMAIEI NO BANHEIRO DO HOSPITAL QUEBREI O BRAÇO...
    PERDI O TRABALHO...MAS JÁ ARRUMEI OUTRO..
    UM GRANDE AMIGO MEU FALECEU...
    MAS AGORA ESTOU RECUPERADA...
    VOLTANDO PRA FICAR...ESPERO QUE VC NÃO TENHA ME ESQUECIDO!
    BEIJOS, ESTOU NA AREA NOVAMENTE....
    SEI QUE VISITAMOS MUITO POUCO..MAS ADORO O SEU CANTINHO E ESPERO QUE VC VOLTE A ME VISITAR...

    ResponderEliminar
  7. Mércia02:10

    Olha só que interessante todas essas histórias...vampiros, são amedrontadores!
    Não que eu acredite...rs. Por via das dúvidas não quero saber de gato preto perto de mim. Obrigada pela visita...Bjos

    ResponderEliminar
  8. Manoel Carlos02:10

    Uma lenda muito bonita e muito presente no imaginário do povo nordestino é a da Nau Catarineta; ela lembra a chegada de Drácula; e os navios de mortos, tanto na época da peste, quanto da gripe espanhola.

    ResponderEliminar
  9. Kitty02:17

    Luma:
    Pé-de-pato, mangalô, 3 vezes!
    Falta de sorte? Pé de coelho, arruda, banho de espada de São Jorge...
    Não é que eu acredite, mas...

    ResponderEliminar
  10. Keila, a loba02:17

    Luma, querida, seu uivo sem muitas palavras me fez chorar. Nâo foi preciso encher o coment para ser sentido, mas foi literalmente absorvido no conteúdo e em toda a sua energia. Imagina se vc fosse assim, um tantinho só sacana como disse lá na toca da Loba!

    Eu não tenho a força e passo muito, muito longe de tê-la, podes crer. Me apanho usando algumas coisinhas que se assemelham a ela, mas é pura ilusão. O bom da vida é que tudo ainda está para ser reformado, construido e adquirido, né? Então o presente e o futuro podem ser mais generosos com essa Loba.

    Obrigada pela força, querida. Não esquecerei da graça com que veio me dizer que está aqui e, sem perceber, acabou entrando no meu coração.

    Beijooooooooooooossssss da Loba

    ResponderEliminar
  11. Dificil eu ficar boldo com essas coisas, apenas carrego uma imagem de São Francisco na carteira e mais nada

    ResponderEliminar
  12. Normando02:19

    Além do quê, superstição pode-se traduzir também por "sobrevivência". Mesmo assim, não sou supersticioso: dá azar.

    ResponderEliminar
  13. Ordisi Raluz02:19

    Puxa, como sou distraído! Ontem foi sexta-feira treze! Dia de muita sorte! Não sou supersticioso. No creo en brujas, pero que las hay, hay (é assim que se escreve?). Beijão.

    ResponderEliminar
  14. Mago02:22

    Bem isto é questão cultural heheh eu não creio nisso tudo sei que o unico item forte o suficient epar a realizar nãos são os objetos, mas os pensamentos, enfim nada a temer a não a minha própria criação mental! Beijos do Mago!

    ResponderEliminar
  15. SheilaMigas02:23

    Oi bom dia a todos
    Estamos de casa nova!
    Temos tb o mais novo socio do Eu, Tu e Eles, O REX, o cao que vai contar em capitulos as suas historias desde o nascimento aa maturidade.
    Dona do REX - Livia (minha socia no Blogg)
    Venha conhecer!

    ResponderEliminar
  16. Pedro02:24

    Eu realmente não acredito nessas coisas, mas respeito quem acredita. Quanto aos seus elefantes é interessante que ele seja um símbolo da sorte, pois eu adoro elefantes...

    ResponderEliminar
  17. Thainá02:24

    Um simples amigo espera que você sempre esteja por perto quando ele
    precisar. Um verdadeiro amigo espera estar sempre por perto quando você
    precisar dele".
    ...........///_\\.
    ..........||.^|^\. MANERO
    ..........))_-_/ ((
    ..........)'_/."._`). TEU
    ......././._..../...
    .....././(_.x/._).| BLOG
    .........)".|."(/./
    .........'...'.. //./. APAREC
    ......./....`..././
    .......|....__.. NO
    .......|.../..../
    .......|..|...... MEU
    .......|..|.......
    .......|..|........ BXUSSS!!!!
    .......|..|.........
    .......|..|..........
    .......|..|...........
    ....../__.........|__
    ......./.|............|._. TI DOLLU
    ......`-''.................
    Passa la no meu bloguinho e me diz o que achou...
    bjusssss

    ResponderEliminar
  18. Já pensou se houvessem apenas 13 comentários nesse post?
    Úia, um monte de coração pulando!!

    ResponderEliminar
  19. Queiroz02:27

    Oi Luma. 1° obrigado pela visita ao BocaLibre. Eu não escrevo nada lá, sabe, mas tenho um carinho pelo blog, pois foi ideia minha juntar uma galera maneira num só blog. Já convidei vc mas vc hein! Deixa p/ lá. É Vc teve paciencia de ler os 2 raps inteiros. O do Mv Bill creio que é + sinistro, pois tem a haver com algo que pode acontecer a qualquer momento. Enquanto houverem pessoas como o próprio Bill que acreditam no dialogo há esperança, mas quando não sobrar mais nenhum... Bem, deixe-me falar o seu post (falta de educação a minha). Não acredito em Vampiros. Existem bruxas, mas isso é uma parada que tem haver com misticimo e até tradição. Mas, vampiros... Gosto de filme de Vampiro. Acho uma pena não terem feito um sequencia à altura p/ Entrevista com o Vampiro. Tem um filme velho do Dracula que tenho medo até hoje. O de Bran Stocker eu vi no cinema, imagina 3hs de filme. E a música Doce Vampiro da Rita Lee é linda. P/ finalizar se tiver uma Vampira de bobeira hoje querendo me chupar estamos aí... Foi mal Luma, acho que exagerei na dose. Tomar que isso aqui não vire 404, após esse comment. Toc,toc,toc, na madeira.

    BEIJOS

    ResponderEliminar
  20. Mc Mut02:28

    Não sou supersticioso... até prefiro as sextas-feiras 13... parece que me dão sorte! Pena que são tão poucas... :D

    O interesse por vampiros é tanto que o livro mais procurado de Paulo Coelho hoje é um tal de O Manual Prático do Vampirismo... em sebos de sampa , pedem 100 , 150 reais por ele...

    Bjs!

    PS:Eu realmente não sabia que o "idiota" do Charles Manson invadiu também um show da Joni... só sabia que ele era o cara do Helter Skelter... lembrei do Bono cantando na abertura do Rattle and Hum... "This is the song Charles Mason stole to the Beatles... We're gonna recuperate it!" e aí começa a tocar... já tô até arrepiando... :D

    ResponderEliminar
  21. Júnio02:28

    Oi Luma, bem intrigante este tema ne? Eu acho que é um pouco de tudo, crença, costume, folclore...
    E o conde Vad Tepes que além de pertencer a ordem dos cruzados e cavaleiro de Drakull era um exímio e sádico empalador, isso você não disse, mas tudo bem o resto eu não sabia mesmo.
    Recados compactos é o seguinte, você coloca a seta do mouse encima do nome aí aparece um mini recado que deixei lá, corre lá e verifique.
    Posso te linkar no meu blog?
    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  22. loba02:30

    sabe que eu nem me lembrava desta coincidência de hj? foi interessante te ler... e é interessante que o ufanismo americano permita este medo, né? rs... beijoca

    ResponderEliminar
  23. Eu e Elas02:37

    Seráaaaaaaaaa que acredito, ou não???
    É complicado, eu nem havia lembrado do fatídico dia, dae fui ler o blog de uma amiga e tcha na na nam ta lá emputecida, revoltada pq deu tudo errado hoje.
    Vi teu comentario no metendo pau, tem uma ótima dica pra afastar qualquer corretor;demonstre interesse e deixe dizer que teu nome ta no SPC sem querer rapidinho eles vão embora.

    ResponderEliminar
  24. Aprendi muita coisa aqui hj,mas confesso que acredito..de​sacreditando,heheeh
    Vai entender...
    Beijos!!

    ResponderEliminar
  25. Viva02:38

    Lindinho o novo HAloscan.

    Não tenho nenhuma superstição e confesso que tenho até um certo desprezo por pessoas excessivamente supersticiosas, que vivem se privando das coisas por motivos que considero bobos.
    Mas tenho uma mania que é bater na madeira quando falo alguma coisa ruim. Juro que não é superstição! Simplesmente não consigo segurar a mão direita! rsss.

    ResponderEliminar
  26. Henrique02:39

    quem ha de explicar tudo?

    ResponderEliminar
  27. Nanda02:40

    oi querida.
    Duvido que o queiroz responda mas, eu tentei...
    ah outra coisa...
    fuja das escadas e gatos pretos hehe
    bjus

    ResponderEliminar
  28. Chico02:42

    Oi,

    Tô na correria hoje, e respondendo à suas perguntas..
    Umas das formas mais simples de resolver os problemas do seu template é substitui-lo, mesmo que isso queira dizer reinstalar o mesmo template qua já está instalado..
    Fazendo isso você não perderá seus comments, pois ao reinstalar o código da haloscan corretamente ele reconhecerá o ID (identificador de cada post) e deixará tudo bem arrumadinho..
    Caso mude o sistema de comentários, certamente irá perder todos estes, pois os dito cujos estão armazenados no servidor da Haloscan...
    Antes de qualquer coisa, faça um backup (cópia de segurança) de seu template atual.
    Qualquer dúvida, pode me escrever, que te ajudo com o que for possível..
    Abraço e bom dinal de semana !!!

    ResponderEliminar
  29. Monica02:42

    Que jeito é este de escrever ?Nova gramatica ?Teclado apagado?Esti​lo?Tendencia?Bom final de semana...

    ResponderEliminar
  30. Afonso02:43

    Eu não sou supersticioso, mas acho que a Kaya deve ser. Colocou quatro elefantes de costas para a porta de entrada, um dragão e uma carranca. Na mesinha de centro tem dois caldeirões e vive de incenso aceso. Pobre de quem entrar aqui em casa mal intencionado, hhehehe. bjs

    ResponderEliminar
  31. Patty02:43

    OI Luma...prime​iramente...adorei a nova cor do HaloScan...ficou lindo...agora quanto a superstição...não sei te dizer se tenho alguma...nem me abalo com essas coisas de escada...gatos pretos...bolsa no chão...nadinha...mas confesso q o dia 13 me trás algumas mudanças...r​srsrs...adorei o Post, gosto muito de ler essas coisas...me chamam atenção...estou pensando em alugar um bom filme de terror pra assistir hj...pra dar uma apimentada na minha sexta feira 13...rs...bjinhus

    ResponderEliminar
  32. Yvonne02:44

    Luma, eu puxei pela memória para ver se tenho algum medo da espécie e confesso que praticamente não tenho nenhum. Adoro oráculos, jogos de tarô, baralho cigano, etc. Tenho os meus pequenos rituais e bruxarias, mas convivo bem com sexta-feira 13, gatos pretos, passar por debaixo da escada, etc. Ao contrário do que as pessoas acham, a melhor coisa que existe é deixar a bolsa no chão porque você pega a energia da terra e isso é bom para chamar dinheiro. Aqui no Rio quase todo mundo rompe o ano de branco, eu já sou o contrário, uso vestidos estampadados para pegar o lado bom de todas as cores possíveis. Beijocas

    ResponderEliminar

Tenha identidade, não seja anônimo na web. Crie sua identidade virtual.

...bisbilhotaram em quietude, sem solidão

PlagSpotter - duplicate content checker tool
Licença Creative Commonsget click

Algumas coisas não têm preço


finalista the weblog awards 2005finalista the weblog awards 2006
finalista the weblog awards 2007weblogawards 2008
Verificar conteúdo duplicado

Me leve com você...

Leia o luz no seu celular

Copyright  © 2014 Luz de Luma, yes party! Todos os direitos reservados. Imagens de modelo por Luma Rosa. Publicações licenciadas por Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial- Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License . Cópia somente com autorização.

Tem sempre alguém que não cita a fonte... fingindo ter aquilo que não é seu.

Leia mais para produzir mais!

Atenção com o que levar daqui. Preserve os direitos autorais do editor